quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Conserto (?) de uma lâmpada LED

Há mais de um ano atrás postei sobre a lâmpada LED que instalei no quarto do meu filho.


Em junho deste ano comprei um lote de lâmpadas mais potentes (24 W) e, por isso, substituí a que estava naquele quarto. A lâmpada antiga, de 16 W, foi colocada no banheiro onde funciona bem até o momento. Porém após seis meses, a lâmpada nova apresentou um problema e foi substituído pela que está na foto, do mesmo lote.

Eu bem que poderia tentar trocar com o vendedor, mas no fim a curiosidade falou mais forte e resolvi abrir o dispositivo. Odeio abrir invólucro de plástico pois sempre acaba ficando danificado e feio, mas consegui com paciência e uma espátula.


A lâmpada é formada por 8 lâminas com 16 LEDs cada, inseridas em tubos de vidro em formato de U. Não cheguei a abrir a parte que contém o circuito eletrônico que converte a eletricidade da rede para os níveis exigidos pelos LEDs. Cada lâmina possui um dissipador de calor de metal (provavelmente alumínio), sobre o qual situa-se uma placa de circuito impresso.

O defeito é que duas dessas lâminas ficavam apagadas. Resolvi testar cada LED com multímetro digital na função teste de diodos, em que uma corrente constante é aplicada e a diferença de potencial é medida.


Como a queda de tensão de um LED branco (3 a 4 V) é maior do que o fundo da escala do multímetro (1,999 V), não há um valor a ser lido. O que importa é que o LED acende; na foto acima, nem dá para ver direito o componente de tão brilhante.


No caso dos LEDs problemáticos, o acedimento era fraquíssimo, nem ficou registrado na foto. Mesmo assim havia uma luz tênue, portanto alguma corrente estaria passando. Em cada lâmina defeituosa, encontrei um LED assim, sendo que os demais funcionavam normalmente.

Resolvi medir as tensões com a lâmpada ligada na tomada (cuidado, é um procedimento perigoso; leia estas advertências). Cada lâmina é energizada com cerca de 48 V e cada LED causa uma queda em torno de 3,2 V. Como são 15 LEDs em série (o 16º está em paralelo com o 15º), 3,2 V×15=48 V.

O resultado acima refere-se a uma lâmina boa, então resolvi medir as tensões nas lâminas problemáticas. Quando peguei um dos LEDs de uma lâmina defeituosa e apliquei as pontas de prova do multímetro, todos os LEDs acenderam imediatamente. Essa lâmina consertou-se aparentemente do nada, restando somente uma defeituosa.


Tirei uma fota da lâmina defeituosa onde se nota que todos os LEDs estão fracamente acesos. As outras lâminas, mesmo sob o papel pardo, produzem luz muito mais intensa. Foi só eu colocar as pontas de prova num dos LEDs bons da lâmina que a lâmina consertou-se sozinha.


Não faço ideia de qual era o defeito e como se consertou sozinho. Remontei a lâmpada e deixei guardada numa caixa para uso futuro ou novos testes.

5 comentários:

  1. Olá Flávio, eu já me deparei com problema similar em fita de LED, pelo que eu consegui perceber em alguns testes, o problema é interno no LED, um mal contato no filamento que toca o substrato semicondutor, em outras, mais comum, era solda fria.

    Se estes LEDs foram passíveis de substituição, experimente usar um de fita de LEDs de alto brilho.

    Você poderia escrever um artigo com as anotações de tensão e corrente obtidos em cada ponto relevante da lâmpada.

    ps. estarei sugerindo seu blog no grupo e página "Basicão da Eletrônica"
    parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carlos. Muito obrigado por apoiar o Cantinho do TK90X. ;)

      Eu estava pretendendo fuçar na lâmpada, mas como ela acabou se consertando, vai ficar para uma próxima oportunidade. Valeu pelas dicas.

      Excluir
  2. Esses defeitos intermitentes de LEDs brilhantes são bem comuns mesmo, Tem que esperar pra ver qual o LED defeituoso e substitui-lo sem dó, porque quase certamente vai voltar a ficar ruim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por enquanto essa lâmpada vai ficar guardada. Depois eu vejo o que vou fazer. Um abraço.

      Excluir
  3. Aqui em casa tirei uma ontem que estava bem fraquinha talvez vou abrir para ver se vejo alguma coisa.

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo, mas peço que use este espaço adequadamente.