terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Jogos 80 número 16

Lançada a edição de final de ano da revista digital Jogos 80.


Deixo o meu amigo Marcus Garrett apresentar esta edição.

Amigos, boa noite!

Tudo bem?
Acabamos de colocar a nova edição da Jogos 80 no ar. Eis o que preparamos para vocês neste número 16 (cuja capa foi feita mais uma vez pelo amigo Saulo Santiago):
  • Aniversariantes: 30 anos de TK90X e Hotbit no Brasil!
  • Entrevista: Clive Townsend. Batemos um papo muito divertido com o programador britânico que criou Saboteur! e Saboteur II para o ZX Spectrum.
  • Conheça o MSX Zemmix Neo. Novo projeto traz um MSX completo e "moderno" ao alcance de todos.
  • Exposição de produtos Apple em Blumenau, SC. Conheça o pequeno museu catarinense que tem um Lisa em seu acervo.
  • Entrevista: Luiz Bonaccorsi. Apresentamos a vocês o "Menino que Mudou a História do Atari".
  • Documentário "1983: O Ano dos Videogames no Brasil". Saiba em que pé está a produção!
  • Seção Joystick: Chiller (Spectrum, MSX, C64), Fighter Pilot (CoCo), Saboteur! (Spectrum) e Spectron (ColecoVision).

Basta acessar: http://www.jogos80.com.br (caso a capa antiga ainda apareça, a do Enigma dos Deuses, basta dar um refresh).
Abraços,
MARCUS VINICIUS GARRETT CHIADO - Garrettimus
Recomendo, é uma excelente leitura!

4 comentários:

  1. Valeu pelo aviso !

    Amo ler essa revista, leio ela de capa a capa, excelente e recomendadíssima !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há de quê. A J80 merece ser divulgada! ;)

      Excluir
  2. Gostaria de fazer uma sugestão :
    - Fazer uma entrevista com o Mario de Paula Leite Gouvea, o programador do jogo "countdown to the death" publicada em fita na revista Crash. Que eu saiba o único jogo brasileiro de Zx-Spectrum publicado naquela revista.

    Seria interessantíssimo ler numa próxima revista Jogos80 informações sobre como ele programou o jogo, como acompanhava as publicações e lançamentos, curiosidades, enfim... também seria uma justa homenagem e honraríamos um programador brasileiro que se destacou !
    Cheguei a ter além da fita que veio na revista também uma versão russa craqueada (!!!!) desse jogo, perdida em algum CD meu até hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela dica, vou sugerir para o Marcus Garrett. Um abraço.

      Excluir

Seu comentário é bem vindo, mas peço que use este espaço adequadamente.